Este anúncio tem o envio mais rápido e seguro!

Está pronto para enviar

Já está no centro de distribuição do Mercado Livre.

Cuidamos do produto até chegar

Embalamos o produto bem protegido para que o receba em perfeito estado.

Características

  • Título do livro O Cortiço
  • Autor Aluísio Azevedo
  • Idioma Português
  • Editora Escala
  • Formato Papel
  • Gênero do livro Literatura Brasileira
  • Subgêneros Literatura Universitária
  • Tipo de narração Literatura Nacional
  • ISBN 9788575564226

Descrição do produto

Texto Integral Edição 2019 - 210 PÁGINAS
LIVRO TEXTO INTEGRAL - HISTÓRIA COMPLETA
+ Questões comentadas que já caíram em vestibular.


Há várias razões pelas quais a leitura de O Cortiço é indispensável. Ele foi publicado em 1890, e é um romance com características do movimento naturalista. é uma das obras mais importantes desse movimento, pois denuncia que, diante de um ambiente degradado, as pessoas ás vezes comportam-se como animais.

Isso é mostrado por meio do ambiente no qual o romance se passa: um cortiço, onde pessoas vivem aglomeradas, e também por meio das ações de seus personagens, como o caso trágico de piedade, portuguesa esposa de jerônimo, que se entregou ao álcool após perder seu marido para Rita baiana, mulata sensual que ?fisga? o português ambicioso, dono do cortiço, que enriquece conforme seu estabelecimento cresce e se enche de moradores.

Esse divertido enredo denuncia também os problemas sociais existentes no século XXI (muitos deles ainda existentes no século XXI), como pobreza, adultério, corrupção, formação de moradias em lugares inapropriados, e apresenta a maneira como as pessoas desses conglomerados viviam, explorados por alguém (no caso, por João Romão) que enriquece a custa das necessidades dos mais pobres. Além disso, trata de tabus da sociedade, como homossexualidade, alcoolismo e prostituição.

O CORTIÇO

O Cortiço foi publicado em 1890, em meio à atividade febril de produção literária a que Aluísio Azevedo se viu obrigado, em seu projeto de profissionalizar- se como escritor. Teve de escrever muitos romances e contos para atender a pedidos de editores. Por isso, produziu muita literatura inferior. Mas O Cortiço tem situação inteiramente à parte nessa produção numerosa e quase toda sem importância, neste livro Aluísio pôs em prática os princípios naturalistas, em que acreditava, e toda a sua capacidade artística.

Autor: Aluísio Azevedo
ISBN: 9788538017783
Páginas: 210
Acabamento: Brochura
Tamanho (cm): 14 x 21

Capítulo 1 João Romão foi, dos treze aos vinte e cinco anos, empregado de um vendeiro que enriqueceu entre as quatro paredes de uma suja e obscura taverna nos refolhos do bairro do Botafogo; e tanto economizou do pouco que ganhara nessa dúzia de anos, que, ao retirar-se o patrão para a terra, lhe deixou, em pagamento de ordenados vencidos, nem só a venda com o que estava dentro, como ainda um conto e quinhentos em dinheiro. Proprietário e estabelecido por sua conta, o rapaz atirou-se à labutação ainda com mais ardor, possuindo-se de tal delírio de enriquecer, que afrontava resignado as mais duras privações. Dormia sobre o balcão da própria venda, em cima de uma esteira, fazendo travesseiro de um saco de estopa cheio de palha. A comida arranjava-lhe, mediante quatrocentos réis por dia, uma qui- tandeira sua vizinha, a Bertoleza, crioula trintona, escrava de um velho cego residente em Juiz de Fora e amigada com um português que tinha uma carroça de mão e fazia fretes na cidade. Bertoleza também trabalhava forte; a sua quitanda era a mais bem afregue- sada do bairro. De manhã vendia angu, e à noite peixe frito e iscas de fígado; pagava de jornal a seu dono vinte mil-réis por mês, e, apesar disso, tinha de parte quase que o necessário para a alforria. Um dia, porém, o seu homem, depois de correr meia légua, puxando uma carga superior às suas forças, caiu morto na rua, ao lado da carroça, estrompado como uma besta. João Romão mostrou grande interesse por esta desgraça, fez-se até parti- cipante direto dos sofrimentos da vizinha, e com tamanho empenho a lamen- tou, que a boa mulher o escolheu para confidente das suas desventuras. Abriu- se com ele, contou-lhe a sua vida de amofinações e dificuldades. ?Seu senhor comia-lhe a pele do corpo! Não era brinquedo para uma pobre mulher ter de escarrar pr?ali, todos os meses, vinte mil-réis em dinheiro!? E segredou-lhe en- tão o que já tinha junto para a sua liberdade e acabou pedindo ao vendeiro que lhe guardasse as economias, porque já de certa vez fora roubada por gatunos que lhe entraram na quitanda pelos fundos. (...)

O Cortiço Aluísio Azevedo Livro Novo

R$ 20

Estoque disponível

Oferece envio Full!

O mais rápido e seguro do Mercado Livre.

Chegará amanhã, sábado

Tenha envio rápido e seguro!

Está pronto para enviar

Já está no centro de distribuição do Mercado Livre.

Cuidamos do produto até chegar

Embalamos o produto bem protegido para que o receba em perfeito estado.

Somente para SP capital e regiões da Grande SP

Comprando dentro das próximas 16 h 12 min

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento

Você superou o limite de estoque disponível.

Compra Garantida receba o produto que está esperando ou devolvemos o dinheiro.

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Livro enviando por impresso registrado dos Correios com seguro e rastreio.

Saiba mais sobre garantia

Você recebe o produto mais rápido e bem protegido porque o embalamos e enviamos diretamente do centro de distribuição do Mercado Livre.